O beijo do Hotel de Ville

Essa célebre foto, intitulada “Le baiser de L´Hotel de Ville“, eternizou seus personagens (Françoise Bornet e Jacques Carteaud) através das lentes de Robert Doisneau (Paris, 1950). No dia 25/04/2005, foi arrematada em um leilão por 155 mil euros. Esse beijo, até hoje, inspira muitos apaixonados pelo mundo.

Por falar em fotografia… Cecília Meireles, poetiza brasileira, escreveu sobre a possibilidade de se tornar eterna, ser lembrada sempre e com uma boa aparência, apesar das tristezas da vida, por meio de uma fotografia, que faz parar no tempo um momento desejado. Na fotografia de Doisneau todas as pessoas estão em movimento, mas o casal é o único elemento estático, dando a impressão que o sentimento que envolve essas duas pessoas as tira da realidade daquele instante, deixando-as, portanto, em um outro plano, como se estivessem destacadas da cena. Gosto dessa imagem capturada, pois é um arquivo da moda (todos muito elegantes) e ainda se passa em um belíssimo lugar de Paris. Se observarmos com cuidado, podemos criar histórias para cada um dos personagens que aparecem. Quem são? De onde vieram? O que fizeram antes de estarem aí? Para onde vão? O que se passa em suas cabeças? Bem, são muitas e muitas perguntas, não é? E os carros que estão ao fundo… Maravilhoso… Não me canso de olhar.

Encomenda (Cecília Meireles)

Desejo uma fotografia
como esta – o senhor vê? – como esta:
em que para sempre me ria
como um vestido de eterna festa.

Como tenho a testa sombria,
derrame luz na minha testa.
Deixe esta ruga, que me empresta
um certo ar de sabedoria.

Não meta fundos de floresta
nem de arbitrária fantasia…
Não… Neste espaço que ainda resta,
ponha uma cadeira vazia.

2 thoughts on “O beijo do Hotel de Ville

  1. Também adoro esta fotografia! Não conhecia o poema de Cecília ainda e fiquei feliz em encontrá-lo através do seu blog. Peço licença para copiá-lo em meu blog *rsrsrsrs* Agoro pouco, fiz uma disciplina sobre a Teoria do Texto Poético, mas não apresentei seminário por falta de um poema que fosse realmente marcante. Se conhece “Encomenda”, teria apresentado. Abraços!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s