Paisagens abençoadas

Cristo Redentor - B. da Guanabara Cristo Rei - Rio Tejo

Surgiram em épocas e por motivos diferentes. O Redentor inspirou o nascimento do Rei, que, como um bom filho, segue os passos do pai na tarefa de abençoar as águas que viram florescer duas grandes cidades: Rio de Janeiro e Lisboa. Embora tenham estaturas diferentes (o primeiro mais alto), cada um dos dois vislumbra constantemente paisagens que em nada diferem em matéria de importância para o mundo e, de tão bonitas, só podiam mesmo terem sido abençoadas pelo filho de Deus. Com o olhar que a civilização ocidental lhe deu, Cristo pinta de azul celeste a Baia da Guanabara – cenário de raríssima beleza, cujas margens são unidas pela ponte Rio-Niterói – e o Rio Tejo, que banha as cidades de Almada e Lisboa, unidas pela Ponte 25 de Abril, cujo engenho e a arte de sua construção faz desse um belíssimo cartão postal de Portugal.

4 thoughts on “Paisagens abençoadas

  1. Espero poder conhecer esses lugares ano que vem. Já temos uma viagem meio agendada pra Curia, cidade natal do meu sogro. A familia do meu marido tem casa lá. Tomara que de tempo de dar um pulo aí pra rever você.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s