Notas sobre o amor

amoreterno

O amor é um bichinho que rói, rói, rói. Rói o coração da gente e dói, dói, dói.” (Carmem Silva)

“O amor é um grande laço,
um passo pr’uma armadilha
Um lobo correndo em círculos
pra alimentar a matilha
Comparo sua chegada
com a fuga de uma ilha:
Tanto engorda quanto mata
feito desgosto de filha…” (Djavan)

“Amor é fogo que arde sem se ver;
É ferida que dói e não se sente;
É um contentamento descontente;
É dor que desatina sem doer;

É um não querer mais que bem querer;
É solitário andar por entre a gente;
É nunca contentar-se de contente;
É cuidar que se ganha em se perder;

É querer estar preso por vontade;
É servir a quem vence, o vencedor;
É ter com quem nos mata lealdade.

Mas como causar pode seu favor
Nos corações humanos amizade,
se tão contrário a si é o mesmo Amor?” (Camões)

“O amor tem feito coisas
Que até mesmo Deus duvida
Já curou desenganados
Já fechou tanta ferida
O amor junta os pedaços
Quando um coração se quebra
Mesmo que seja de aço
Mesmo que seja de pedra…”
(Ivan Lins)

“…Que dias há que na alma me tem posto
um não sei quê, que nasce não sei onde,
vem não sei como e dói não sei porquê.” (Camões)

7 pensamentos sobre “Notas sobre o amor

  1. O amor, Ah o amor!
    Você acaba de utilizar-se de uma musica simplesmente linda do meu ídolo Djavan para referenciar o amor. E falar de amor é o que ele faz com muita maestria, diga-se por todas as outras canções que ele já compês:

    “Amar é um deserto e seus temores
    vida que vai na sela destas dores
    não sabe voltar
    me dá teu calor”

    “…Quando te vi, aquilo era quase o amor
    Você me acelerou, acelerou, me deixou desigual
    Chegou pra mim, me deu um daqueles sinais
    Depois desacelerou e eu fiquei muito mais…”

    “…Eu sei,
    Eu não sei viver sem ela
    Assim, um simples talvez me desespera
    Ninguém pode querer bem sem ralar
    Na há nada o que fazer
    Amar é tudo…”

    “…Ó meu amor
    Viver
    É todo sacrifício
    Feito em seu nome
    Quanto mais desejo
    Um beijo seu
    Muito mais eu vejo
    Gosto em viver…”

    Assim eu passaria o dia aqui, só listando o que esse homem fala de amor.

    Ah o amor….

    :

  2. de tudo oa meu amor serei atento

    antes e com tal zelo e sempre e tanto

    que mesmo n em face do maior encant

    dele se encante mais meu pensamento

    os melhores momentos do amor sao aqueles de uma

    serena e quase aceitas tranquilamente uma esventura

    que nao conheces.;

  3. Pingback: Os números de 2010 | Ao pormenor

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s