Ceia portuguesa

bacalhau

Há três anos não passo o natal com a minha família. Não por não desejar, mas mais por não poder mesmo. Ano passado, a esta altura, estava completamente enlouquecida com os preparativos para a defesa de minha tese. Este ano, primeiro ano de casada, passei com meu marido em casa de amigos, em Coimbra, Portugal. Foi tudo muito familiar e bem parecido com o que estou acostumada, quando passo essa data com os meus pais, na Paraíba. A exceção  foi o frio e as comidas, ou melhor, o modo de preparar as comidas, que exige muito menos requinte e trabalho, mas não por isso são menos saborosas. Aqui em Portugal, pelo que me parece, comer bacalhau no dia 24 de dezembro é, talvez, uma regra de uns 95% de aderência. Tudo é muito simples: bacalhau, ovos, batatas e colve cozidos, pão e, claro, azeite de oliva para regar tudo. Uma delícia! Fartei-me de comer. Depois vêm os doces. Meu Deus do céu, quanto doce!! Cada um mais gostoso do que o outro. Um verdadeiro pecado da gula! Adorei essa experiência e certamente terei várias oportunidades de preparar o meu próprio bacalhau com batatas daqui por diante.

One thought on “Ceia portuguesa

  1. Tivemos aqui o habitual peru, com arroz à grega e farofa, muito vinho e castanhas. Adoro o queijo do reino! Jon e eu demos um jantar para os amigos próximos e compramos tábua de frios. Essa é uma época deliciosa, mesmo que nos entreguemos a alguns prazeres da gula rsrsrs..

    Beijão, amiga!!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s