A prática ensina

Armar-se em dono(a) de casa é muitas vezes complicado. Essa é uma profissão que requer anos de experiência para aprender a não falhar em detalhes que só o dia-a-dia ensina a evitar.  Não me posso considerar um caos dentro de uma casa, mas estou muito longe de ser um ás como rainha do lar. Passo por momentos de completa falta de espírito para esses assuntos e outros de alguma inspiração. Essa semana, por exemplo, uma luz iluminou as minhas ideias. Receita na mão, ingredientes na mesa e a fé de que tudo iria dar certo, tentei fazer um bolo. Tudo corria bem, até a hora em que fui espetá-lo para ver se estava a assar. Abri a porta do forno e meus olhos, pulmões e cabelos foram surpreendidos por uma enorme nuvem de fumaça negra. Sim. Era isso mesmo. A parte de cima do bolo estava carbonizada. O forno tem várias posições para cozer um alimento (o calor vindo de cima, ou de baixo, ou por todos os lados etc.) e… escolhi uma errada. A coitadinha da minha iguaria ficou tostada em cima e toda crua por dentro. Como uma mãe crédula na saúde de seu filho não desiste nunca, tentei recuperar o pobre diabo. Enfim, no final deu tudo certo e… até que ficou gostosinho (exceto por essa parte queimada, mas facilmente removível). Ah, mudando de assunto, se tiver um sofá que não esteja lá com muito bom cheiro, jogue-o no lixo, ou então ponha uma boa quantidade de talco de criança em cima dele, espalhe-o bem com uma escova e depois, com a ajuda de um bom aspirador, remova-o. Olha, fica um espetáculo! Dessa vez, tudo funcionou direitinho. Vale a pena experimentar. (OBS: Não me responsabilizo por nenhum dano causado)

4 pensamentos sobre “A prática ensina

  1. Impressionante como sua escrita está aportuguesada. Muito bonita e gostosa de ler; a essência do texto é sua, tem muito de você, mas a escrita é sim o Português de Portugal.

    Tô cheia da cozinha. Sinto ânsia e mau-humor só de pensar que tenho de cozinhar. Me entristece ter de fazer isso por obrigação. Sempre dá tudo certo, mas acho que se eu gostasse de cozinhar tudo ficaria mais gostosinho. Quando posso comer fora não desperdiço a chance.

    Parabéns pelo bolo!!! Vou anotar também a receitinha para o sofá mal cheiroso.

    Bjs!

  2. Estou as voltas com esse pequeno mundo domestico. Realmente ele eh cheio de detalhes que so a pratica vai ensinando. Sou aluna iniciante, mas confesso que gosto cozinhar, acredito que com mais pratica serei aprovada no primeiro estagio! kkkkkkk
    Um beijo!

  3. já aconteceu comigo de fazer um bolo tostado por fora e cru por dentro, mais ai depois dessa vacilada numca mais errei,e estou realmente impressionada com suas materias são muito enterresantes parabens renata

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s