*Como protagonista: um imigrante

Essa semana assisti a um filme francês chamado “Bem-vindo ao Norte” (Bienvenue chez les Ch’tis), que se tornou o filme francês mais visto de sempre. Chama a atenção dos franceses, e público em geral, para a região do Norte do país, estereotipada como uma região pobre, de gente ignorante e rude (os ch’tis) que se exprime num dialeto incompreensível (o ch’timi), e tem um clima ruim e uma culinária intragável, ao contrário do Sul, que é extremamente turístico, litorâneo e ensolarado.

O filme conta a história de um diretor dos correios do Sul de França que mente para obter uma colocação à beira-mar. É descoberto, e castigado com a chefia da estação de Bergues, no Norte. Um exílio gelado, boçal e agreste, pensa ele. Lá chegado, descobre que a região é acolhedora, as pessoas são calorosas e divertidas, e a comida é boa. Embora o ch’timi, o dialeto local, seja problemático de entender.

É um excelente filme e uma ótima crítica aos clichés e esteriótipos construídos sobre um povo e região, geralmente estabelecidos por pessoas sem nenhum conhecimento de causa.  Mostra as primeiras dificuldades que um e/imigrante depara ao viver em uma nova atmosfera: confrontos com a linguagem, culinária e temperamento dos nativos, por exemplo, e nos arranca muitas gargalhadas. É uma obra de arte e um hino de amor do ator/realizador (Dany Boon), um francês nortenho, à sua terra natal.

Palmas!!!

6 thoughts on “*Como protagonista: um imigrante

  1. Oi Sandra,

    Fuçando aqui na net por acaso achei o blog de Rose e atraves dele o teu, entao resolvi completar a “fuçança”!
    Vi outro dia na TV 5 um programa humoristico em que o comediante falava da regiao dos ch’tis. Como eu achei muitiiiio engraçado (quase nunca vejo graça nesses programas humoristicos gringos) e soube da existência do filme, resolvi assisti-lo. Nossa gostei muiiiito! Muito bom pq além de garantir boas gargalhadas ainda aborda bem a questao de esteriotipos que vc citou acima.

    Quando fui a França tive a oportunidade de conhecer essa região, conhecida como Nord-pas de Calais. Realmente pude constatar que ela é bastante estigmatizada pelos franceses, pq antes de ir pra lah um colega parisiense me falou: “lah é bem pobre e o povo tem sotaque muito engraçado, pois têm uma pronuncia bem diferente e falam fazendo uns bicos enormes”. Estive apenas em Lille, mas o pouco que vi nao me pareceu em nada ser uma regiao pobre, talvez pelo fato da minha concepção de pobreza ser bem diferente da francesa. Quanto ao sotaque, obviamente é dah pra notar que é diferente do de Paris, mas nada tao gritante como meu colega falou, ja a historia dos bicos é a mais pura verdade kkkkkkkk. Um amigo de Lille comentou que é considerada uma região pobre porque no passado existiam muitas fabricas de carvão por lah, entao a maioria dos habitantes eram pessoas humildes que trabalhavam nelas.

    Na França existe um ditado que foi citado e representado muito bem no filme: quando vc vai pra o Nord-pas de Calais vc chora duas vezes, a 1a de tristeza porque vai pra lah, e a 2a de saudade quando tem que deixa-la.

    Enfim, me identifiquei muito com o filme porque nohs nordestinos e/ou paraibanos, tbm somos vitimas desse tipo de coisa. Acho que somos bastante estigmatizados pelas pessoas do sul/sudeste. E o pior é que isso muitas vezes ultrapassa as questões econômica e linguistica! Se eu nao estiver enganada, Rosalina Chianca tem trabalho(s) sobre alguns tipos de estereotipos.

    Como nao temos muitos filmes franceses nos cinemas brasileiros, aconselho a amiga Rose, caso ela realmente queira assitir les ch’tis, procura-lo aqui na net. Legendas podem ser encontras no site: http://www.divxsubtitles.net/page_searchedsubtitles.php .
    Parabéns pelo blog Sandra! Um abraço

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s