Contos de fada

bela1   “A Bela Adormecida”, conto do célebre escritor francês Charles Perrault (1628-1703), foi adaptado para o balé por Tchaikovsky e a sua estreia no cinema, como filme de animação, de Walt Disney, está a completar 50 anos de muito sucesso.

Tenho uma admiração especial pelos Contos de Fadas, pois marcou um belo período de minha vida, de grande atividade mental, quando estreei como professora de língua portuguesa. Mostrar a estrutura textual de um conto de fada era uma matéria a ser dada para o 5º ano do ensino fundamental (crianças a volta de 10 a 11 anos de idade, se não estou enganada). Junto com os meus alunos, invadimos os universos criados pelos escritores Charles Perrault, Christian Andersen e Irmãos Grimm, por exemplo. Conhecemos vários personagens e fizemos adaptações, para a atualidade, de contos como Chapeuzinho Vermelho. Tudo era muito divertido e engraçado. Fizemos exposições dos trabalhos desenvolvidos, dentro da escola. Fico muito feliz em ver uma criança desenvolver a sua capacidade criativa, de elaborar um mundo novo, reinventá-lo. O que me ajudou a ter sucesso foi o livro que adotei: “O Fantastico Mistério de Feiurinha“, do escritor brasileiro Pedro Bandeira (2001), que também já foi adaptado para o teatro. Posso dizer que esse livro é fantástico. É um convite à criatividade e que 90% de minha turma o leu e com muito entusiasmo. É uma excelente fonte de diversão para todas as idades.2008080403242552408

Sinopse: Nele estão todas as princesas das histórias infantis como Cinderela, Rapunzel, a Bela, do Bela e a Fera, a Bela Adormecida, a Chapeuzinho Vermelho. Todas essas princesas estão na busca de sua amiga desaparecida: Feiurinha. A história acontece vinte e cinco anos depois do casamento das principais princesas do imaginário infantil, que até o momento viviam “felizes para sempre”. A falta de Feiurinha foi notada por Branca de Neve, que casada com o Princípe Encantado, agora se chama Dona Branca Encantado. Ela, ao lado de suas cunhadas Cinderela, Rapunzel, Bela-Fera, e de sua amiga Chapeuzinho Vermelho, procuram um escritor para ajudá-las a encontrar a princesa desaparecida. Por meio dessa paródia, o autor Pedro Bandeira fala sobre a importância dos contos de fada e dos livros para o universo infantil.

“Um país se faz com homens e livros” (Monteiro Lobato)

8 pensamentos sobre “Contos de fada

  1. Os contos de fadas são cheios de encantos, de príncipes, de perfeição. Porém a realidade é infelizmente bem distinta, vivemos na incompreensão de um eu – lírico perturbado com o mundo, com as injustiças, o egoísmo dos humanos me causa náuseas. Mas ás vezes é preciso fugir dos tumultos suburbanos e adentrar ao mundo dos contos, que estes sejam sempre fugas, outrora, tavez, se tornem reais.

    Ana Luísa Nardin

  2. bem…adoro os contos
    as vezes me comparo com eles…o michael jackson k infelizmente ja n ta ká conosco adora o peter pan,como o menino que nunka cresce…
    por isso a nossa vida deve ser assim
    COMPARA-LA COM UM CONTO DE FADAS!!!
    sejam felizes

  3. Eu ouvia em criança um conto que era chamado A princesa dos Belos Campos, alguém conhece ou sabe onde posso encontrar, livro ou qualquer outra informação sobre este conto. Por favor faça contato. obrigada.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s