A casa de Kafka

Casa de Kafka - Travessa Dourada - Praga

Casa de Kafka - Travessa Dourada - Praga

Gosto muito de fazer turismo em casas onde pessoas relacionadas às artes e literatura já moraram, nasceram ou morreram. Tenho a sensação de que vou absorver por osmose todos os seus conhecimentos. Acho mesmo muito divertido. Em uma viagem à Praga, capital da atual República Tcheca, conheci a casa do escritor Franz Kafka (1883-1924), que, embora tenha sido um dos maiores escritores de língua alemã do século XX, era Tcheco. Suas obras só foram conhecidas postumamente. Tornou-se um grande expoente da literatura ocidental, com obras que lhe conferiram um caráter peculiar de escrever e retratam indivíduos inseguros, confusos e preocupados inseridos em um mundo impessoal e burocrático. Esse estilo literário está bem presente nas obras “A Metamorfose” (1915), “O Processo” (1925) e “O Castelo” (1926).

Travessa Dourada - Praga
Travessa Dourada – Praga

Kafka trabalhou no romance “O Castelo” quando vivia no nº 22 da Travessa Dourada, que é uma vila composta por algumas tantas casinhas, localizada em volta do Castelo de Praga (quando foram construídas, por volta do século XVI, eram habitadas por ourives, para evitarem pagar as contas da guilda na cidade, e por militares) e certamente lhe serviu de inspiração. Nesse romance, há uma

Monumento à Kafka em Praga

Monumento a Kafka em Praga

construção metafória da vila com relação ao castelo, há uma visão psicológica que diz que o castelo seria o incosciente de K. (protagonista) e a vila sua consciência. K. é uma espécie de topógrafo que é solicitado por um conde de um local não especificado para prestar seus serviços. Contudo, por mais que tente, não consegue entrar no castelo, ficando na vila de fora do castelo ao longo da narração. As interpretações do livro são muitas, desde simplesmente uma crítica à burocracia estatal até uma visão religiosa. Qual é então a sua visão da história? Por que será que o homem não entra no castelo…? Quem souber, diga, né?

4 pensamentos sobre “A casa de Kafka

  1. Excelente post! Adoro o Kafka. Vi que você está inspirada, escrevendo muito, e fico muuuitoooo feliz com isso!!!

    Quanto ao catão de natal, não chegou não. Assim como já sei que o que enviei pra você também não chegou, né? Tudo que enviei para os amigos no ano passado não chegou. Tenho enviado tudo registrado, porque assim posso reclamar depois, caso não chegue.

    Pois é, o tal do acordo tem dividido muito as opiniões por aqui. Mas sabe que escrevi o texto como uma respostinha mesmo a certos professores ignorantes de onde trabalho que dizem que os linguistas inventam moda e só sabem falar contra os gramáticos. O acordo tem sido um nó na cabeça aqui pra mim, escrevendo para o doutorado. Eu já tenho “sorte”, viu, de em momentos de escrita árdua as coisas mudarem. Só falta a ABNT inventar alguma besteira nova tb.

    bjão e saudades mil!

  2. Ah, Sandra, registra seu email e adiciona uma foto para ser seu avatar universal nos blogs da internet. O endereço é: http://gravatar.com/

    assim, toda a vez que você fizer um comentário em qualquer blog, sua foto irá aparecer automaticamente, sem necessidade de você está logada ao wordpress. O serviço é gratuito e você pode mudar sua foto sempre que quiser.

    bjão!

  3. Achei ótimo vc ter visitado a casita de Kafka!!! Acho que agora vou ler a obra com gosto especial. Acho que vai ser um trabalho bacana tb, pq tô começando a ficar empolgado. Estréia em outubro e tomara que vc esteja por aqui para ver.
    Qto às várias visões da obra, acho que podemos tratar de todas, mas sem fechar em uma especificamente, afinal, dança se faz assim mesmo: dando sugestões, fazendo reflexões, sem fechar idéias – deixamos isso para o público, né?
    Bj
    Te adoro
    Tuca.

  4. Ja que visito a casa de Franz Kafka eu tenho uma pergunta ja que olhando a revista caras eu vi uma foto da casa dele, dentro dela tem um mural com postais encima delas está escrito VITALIS, você sabe me dizer porqué?? minha pergunta é porque tenho sobrenome igual…jeje obrigadaaa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s