E essas asas…

O morcego

Meia noite. Ao meu quarto me recolho.
Meu Deus! E este morcego! E, agora, vêde:
Na bruta ardência orgânica da sede,
Morde-me a goela ígneo e escaldante molho.

“Vou mandar levantar outra parede…”
— Digo. Ergo-me a tremer. Fecho o ferrolho
E olho o tecto. E vejo-o ainda, igual a um olho,
Circularmente sobre a minha rede!

Pego de um pau. Esforços faço. Chego
A tocá-lo. Minh’alma se concentra.
Que ventre produziu tão feio parto?!

A Consciência Humana é este morcego!
Por mais que a gente faça, à noite, ele entra
Imperceptivelmente em nosso quarto!

(Augusto dos Anjos)

No momento, estou passando por um processo de completa apatia. Não tenho nada para escrever aqui, ou, se tenho, não cabe na moldura das palavras. Tenho a cabeça vazia, mas a alma cheia de nostalgia do futuro. Sim, isso mesmo. O fim do ano se aproxima e as borboletas já bailam dentro da minha barriga. Uma sensação de nervosismo, como se fosse uma saudade do que não vivi e medo de perder a oportunidade de viver, caso ela bata de novo em minha porta. Costumo dizer que não me arrependo do que fiz e é a mais pura verdade. O que não fiz, o que não disse (às vezes o que disse de mau jeito também me inferniza…) é que são fantasmas que devoram as minhas noites de sono, é o morcego do poema dentro de meu quarto e da minha cabeça. São tantas ideias, tantos projetos… tudo em vão, pois são atropelados, incompletos, perdidos na poeira da completa desorientação em que me encontro, num labirinto de falsas possibilidades, ou de possibilidades que não tenho forças para desenvolver. Uma imaginação de asas feridas. Apesar de tudo, não sou e nem estou infeliz, somente preocupada. Com a idade, as cartas do nosso baralho vão se perdendo pelo caminho da vida e as que sobram têm de ser suficientes para dar um bleffe vencedor. Tenho uma carta na manga que se pode revelar por estes dias, não sei qual será o seu valor, mas certamente dará um novo rumo à minha vida.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s