Instabilidade

Sexta choveu. Sábado vento frio. Domigo ensolarado. Segunda talvez chova novamente, talvez tenha de usar casaco. Terça posso calçar uma sandália. Quarta talvez tire as botas do armário; Hoje choro, amanhã sorrio, depois de amanhã irrito-me; O Papa em digressão contra a pedofilia, dentro da própria Igreja. Católicos portugueses contra o casamento gay. Presidente católico contrariado decreta a lei da união oficial entre homossexuais em nome do futuro financeiro do país; Portugal de olhos voltados para o futebol na África do Sul. Em Lisboa, a Copa do Mundo de Judô Masculino faz um campeão português e pouca gente sabe; Patrocinador da Selecção promove a vuvuzela acreditando que o povo irá soá-las só antes dos jogos, o que não acontece, e vai fazer desse Mundial de Futebol um inferno e prejudicar a concentração dos atletas. E o Brasil? Não sei. Já não moro mais lá. Ainda deve ser o país mais rico e mais pobre do mundo, mais ensolarado, mais chuvoso, com muita água e muitas áreas secas, com muitos trabalhadores e muitos oportunistas, com muita gente honesta e muito ladrão, com índios e paulistas, uma pátria mãe, madrasta, que eu amo e tenho desgosto ao mesmo tempo. E o pulso? Ai, ai… Apesar de tudo, ainda pulsa e já não espirro muito.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s