A fazer minha cabeça em água

cabeça d'águaQuando cheguei em Portugal, tive contato com essa magnífica expressão “a fazer a cabeça em água”, ou seja, alguém, ou algo, causa extrema preocupação/chateação à outra pessoa. Neste exato momento de minha vida, tenho a sensação que meu cérebro não passa de um amontoado de líquido inerte, insípido-incolor-inodoro = água, onde, em vez de neurônios, boia um lindo peixinho dourado adoentado. Estou com uma hidrocefalia psico-social. Tenho um trabalho para fazer, do qual nada entendo; Um futuro incerto para gerir; Um bebé abaixo do peso e que faz da comida um mero detalhe em sua vida e… estou lutanto contra uma tal vertigem que me afastou da vida de condutora de automóveis (estou frequentando uma auto-escola para voltar à conduzir/dirigir e tenho medo que no final das aulas a investida não resulte). Isso tudo junto desmancha a minha mente, esfarela a pobrezinha, que já não funciona como antigamente. Ainda por cima, estou com uma constipação/resfriado e, do meu nariz sai… água. Devido ao meio aquático que me cerca, hoje sonhei que uma onda enorme engolia-me, junto ao meu marido e à minha filha. Ai, que horror!!

One thought on “A fazer minha cabeça em água

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s