Dia de escola…

Semana passada, um novo acontecimento veio apresentar-me a novas emoções: a minha filha, minha pequeneninha de 18 meses, foi para a escola. Para o infantário. Já havíamos vivido rapidamente essa experiência, pois a pus em uma creche quando fui ao Brasil visitar os meus pais. Ela frequentou o espaço durante um mês. Se gostou? Nem por isso. Chorava muito e só queria estar no colo das educadoras. Nos últimos dias que lá ficou, é que começou a se adaptar melhor. Achava que tudo iria correr mais tranquilamente desta vez, mas… nada feito. Ela foi os dois primeiros dias com muito boa disposição, depois ficou doente o resto da semana e teve de faltar. A segunda semana foi de readaptação e de choradeira (minha e dela). Só tenho a dizer que tudo isso é muito complicado para a minha cabeça. Vivi durante mais de um ano com ela e para ela, tudo dentro de nossa rotina de vida, ou dentro da nossa falta de rotina. De repente, fico sem ela o dia todo, tenho de estabelecer hábitos alimentares e elaborar técnicas para dormirmos cedo, para que possamos nos adequar bem ao dinamismo escolar. Ainda me sinto perdida dentro da minha liberdade, dentro da minha atual condição de pessoa-cheia-de-horas-só-para-mim (já fui cortar o cabelo, fazer as unhas, entrei em um curso de inglês…). Sinto culpa de sentir felicidade de agora poder ser e caminhar só comigo mesma, sem empurrar carrinho, andar com bolsas e sacolas etc. Às vezes, penso que a estou sacrificando para poder sentir esse momento. Passei uns dias a duvidar da capacidade do pessoal do infantário de a fazer feliz, uma criança com alegria. Depois, a realidade me diz que ela não é a única criança que lá está e tiro um crédito de dentro da manga em nome da melhor confiança possível que tudo vai dar certo. Céus, penso muita coisa afinal: será que ela come direito? Será que dorme bem? Será que as pessoas têm paciência com  ela? Será que vou ficar louca? Enfim. Espero que essa fase passe, tanto para mim, quanto para ela. Estou com um peso nos ombros, na expectativa de ver como tudo se vai processar nesse primeiro mês. Acho que com o tempo, as peças hão de se encaixar com facilidade. Bem, assim espero.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s